Problema com a visualização da mensagem? Clique aqui.

Edição nº 92                                                                                        23 de setembro de 2020
 

Das nossas florestas só as cinzas restarão?

Este ano, até o dia 18 deste mês, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), identificou na Amazônia, no Cerrado e no Pantanal cerca de 125 mil focos de incêndio. Biomas com áreas de transição entre si, que têm em comum importantes bacias hidrográficas, uma diversa sociobiodiversidade e que estão sofrendo com os incêndios avassaladores. Você pode até pensar: “mas todo ano essas regiões pegam fogo”. Entretanto, nos últimos anos, esses territórios estão queimando em proporções nunca vistas e de forma descontrolada. Em artigo, Franciléia Paula, Letícia Tura e Rosilene Miliotti, da FASE, propõem uma reflexão sobre a relação sociedade-natureza e convocam para a conservação da Vida e a proteção das florestas e de seus povos 

> SAIBA MAIS

A receita solidária (e política) do MST contra a fome

Movimento distribuiu toneladas de alimentos em todo o país vindos da agroecologia e unindo campo e as periferias urbanas

> SAIBA MAIS

 

"A agroecologia tem uma proposta atual e necessária"

Maria Emília Pacheco, da FASE, alerta para a necessidade de se criar uma Política Nacional de Abastecimento Alimentar no Brasil  

> SAIBA MAIS

 

Radionovela é utilizada como meio de comunicação

Equipe da FASE na Amazônia criou episódios para alertar sobre como se prevenir da Covid-19

> SAIBA MAIS

 

As águas do Brasil na mão do cassino financeiro

Bancos se preparam para assumir serviços de saneamento em operações obscuras e de rapina

> SAIBA MAIS

 

O seguro defeso é um "gasto ineficiente" para quem?

Rafael Barsotti Torres aponta que o seguro como "gasto ineficiente" é uma tentativa do governo transferir recursos públicos 

> SAIBA MAIS

 

Por uma alimentação sustentável nas cidades

Comissão organizadora da Conferência por Segurança Alimentar lança carta para contribuir com o fortalecimento das eleições 2020

> SAIBA MAIS



Acompanhe nossas redes sociais:

                              

Nós respeitamos a sua privacidade e somos contra o spam.
Se você não deseja mais receber nossos e-mails, cancele seu recebimento acessando aqui.