Problema com a visualização da mensagem? Clique aqui.
Edição n. 34 - 21 de setembro de 2017
 

O Rio de Janeiro não está em guerra!

A presença cotidiana em grandes centros urbanos de tanques, blindados, fuzis, drones e bombas de gás, dentre outros equipamentos, é vista como algo extremamente preocupante por grupos, organizações e movimentos sociais que lutam contra a militarização da vida. Neste editorial, a FASE debate o tema a partir do Rio de Janeiro. De ciclos em ciclos, a lógica de que a metrópole fluminense vive uma guerra volta a ganhar força. Mas quem são os inimigos? Onde estão? Quanto mais esse discurso é legitimado, menos encontramos soluções para os problemas da violência nas cidades

> SAIBA MAIS

Mineração e a biodiversidade em debate

Julianna Malerba, da FASE, debate fronteiras entre destruir e preservar

> SAIBA MAIS

 

A geopolítica de infraestrutura da China

Diana Aguiar, da FASE, traz o tema a partir da nova rota da soja via Tapajós

> SAIBA MAIS

 

Violações de direitos em nome do petróleo

Campanha Nem Um Poço a Mais lança vídeo sobre impactos no ES

> SAIBA MAIS

 

Caravana Matopiba denuncia conflitos

Audiência no Dia do Cerrado reuniu comunidades impactadas no Piauí

> SAIBA MAIS

 

Projeto de Ferrovia Paraense desrespeita consulta prévia

Direitos de povos tradicionais são ignorados por Estado e empreendimento

> SAIBA MAIS

 

Casal de agricultores familiares é assassinado no MT

FASE lamenta profundamente a perda de Tereza Rios e Aloísio da Silva Lara

> SAIBA MAIS

 
Nós respeitamos a sua privacidade e somos contra o spam.
Se você não deseja mais receber nossos e-mails, cancele seu recebimento acessando aqui.