Problema com a visualização da mensagem? Clique aqui.
Edição n. 11 - 22 de setembro de 2015
 

Atingidos pela Chevron no Equador cobram reparação de danos ambientais, sociais e culturais na Justiça brasileira

Petroleira se recusa a pagar indenização de US$9,5 bilhões. Como ela não tem mais bens no Equador, os atingidos recorreram à Justiça de outros países onde a transnacional possui empreendimentos, dentre eles o Brasil. A fim de fortalecer essa luta, que já dura mais de 20 anos e atravessa fronteiras, Pablo Fajardo e Humberto Piaguaje, da Unión de Afectados por la Petrolera Chevron-Texaco (UDAPT), foram recebidos no Rio de Janeiro em roda de diálogos e estratégias promovida pela FASE, Justiça Global e Campanha Chevron Tóxico

> SAIBA MAIS

Conferência realizada na Amazônia debateu a financeirização da natureza

Evento reuniu cerca de 100 pessoas de 12 países em Belém e em outros municípios do Pará 

> SAIBA MAIS

 

Bastidores das negociações na ONU e os tratados pelos direitos humanos

Diana Aguiar, da FASE, falou em entrevista sobre criar um tratado específico para transnacionais

> SAIBA MAIS

 

Famílias agricultoras na Bahia lutam para ampliar acesso ao PNAE

FASE na Bahia e sindicato impugnam pregão em Mutuípe que feria programa de merenda escolar 

> SAIBA MAIS

 

Protagonismo de mulheres em associação fortalece segurança alimentar

Iniciativa apoiada pelo Fundo Dema dinamiza economia local em região do Pará impactada por Belo Monte

> SAIBA MAIS

 

A Agenda Brasil e arte (histórica) de ignorar a alteridade

Artigo de Julianna Malerba, da FASE, analisa modelo de desenvolvimento refletido na Agenda Brasil

> SAIBA MAIS

 

Atingidas e Atingidos pela Vale lançam documento político

"Carta de Outro Preto" foi lançada em encontro internacional realizado após caravanas em MG, PA e RJ

> SAIBA MAIS

 
 
Nós respeitamos a sua privacidade e somos contra o spam.
Se você não deseja mais receber nossos e-mails, cancele seu recebimento acessando aqui.